Rails escala? Quem se importa!


Leia em 1 minuto

Image by Reuters Um verdadeiro flamewar se levantou em torno do assunto na lista rails-br nos últimos dias.

Mas e então, Rails escala? NÃO, assim como PHP ou Java também não escalam. O Rails permite que você faça isso de maneira mais simples que outras tecnologias.

A linguagem/framework não é a única responsável pela escalabilidade. Para escalar um website, você precisa de uma infraestrutura que permita fazer isso. Isso pode ser feito de diversas maneiras, como adicionar múltiplos bancos de dados, adicionar mais servidores, adicionar cache, otimizar pontos críticos de seu código, e por aí vai! Não sou especialista no assunto, mas este é, ao meu ver, o básico para se fazer!

Muitas pessoas citam exemplos de sites com grande volume de acessos, normalmente de fora de país. Não precisamos ir tão longe para ver um exemplo em Ruby on Rails que deu certo. O BlogBlogs, criado pelo Manoel Lemos, possui um widget 1 milhão de visualizações por dia e 35TB de transferência por mês! A maioria dos sites jamais chegará a um nível como este. E se chegar, você provavelmente terá recursos para levar seu site a um próximo nível, contratando pessoas competentes que saberão como lidar com o aumento de tráfego.

Para finalizar, o Google não é feito em Python, o Yahoo! não é feito em PHP, e o Twitter não é feito em Rails. Todos eles são uma mescla de diversas tecnologias, que permitem suportar, em maior ou menor escala, um grande volume de usuários. Alguns fazem isso muito bem, outros nem tanto.