Rails Hotkeys


Leia em 1 minuto

Ontem de noite fiz um plugin para o Gedit para aumentar minha produtividade enquanto estou trabalhando em projetos desenvolvidos com Rails. Chama-se Rails Hotkeys. Se você segue as convenções sugeridas pelo Rails — e isso significa que você deve codificar em inglês — este plugin vai ser uma mão na roda. Como? Continue lendo.

Imagine que você está editando um modelo "Post". Se você quiser editar seu controller — na maioria dos casos será "PostsController" — basta pressionar Ctrl + Shift + R para ativar o Rails Mode e, então, pressionar a tecla C para abrir o arquivo correspondente. E não é só isso! Você pode abrir, à partir deste mesmo modelo, os testes (unitários, funcionais e de integração), arquivos de configuração, além de algumas outras coisas.

Ainda não se interessou? Então veja o screencast do Rails Hotkeys (o projeto que mostro lá o mesmo dos artigos de Testes). Para instalá-lo, basta baixar o plugin e extrair os arquivos para ~/.gnome2/gedit/plugins/. Lembre-se de ativá-lo em "Edit › Preferences › Plugins › Rails Hotkeys".

Após concluir a instalação, pressione as teclas Ctrl + Shift + R e depois a tecla F1 para ver a lista de atalhos disponíveis.

O plugin Rails Hotkeys está disponível em simplesideias.com.br/media/rails_hotkeys.tar.gz através do Subversion. Para pegar a versão mais recente, execute o comando svn co http://svn.simplesideias.com.br/general/gedit/plugins/rails_hotkeys e copie os arquivos para ~/.gnome2/gedit/plugins.

Ah, o nome foi sugerido pelo Klaus Paiva, viciado no plugin HotKeys do Gaim. Então, se não gostarem, já sabem para quem reclamar!

Nota: obviamente, este plugin só irá funcionar se você estiver editando algum projeto Rails.

Possíveis funcionalidades que serão implementadas: