Comparando os meios de pagamento: PayPal, PagSeguro e MoIP


Leia em 4 minutos

Quando alguém decide procurar algum serviço para fazer este papel, é meio óbvio que você quer algo simples e que funcione. Além disso, você quer fazer negócios com uma empresa que considere o vendedor como um parceiro. O mercado brasileiro possui algumas alternativas para quem precisa fazer cobranças na Internet mas, infelizmente, nenhuma delas consegue preencher todos esses requisitos. Para ser considerado um bom serviço, é preciso que ele atue em várias frentes de forma competente.

Junto ao desenvolvedor, fazendo um serviço fácil de usar e com uma documentação que pode ser facilmente acessada, com vários exemplos.

Junto ao vendedor, sendo flexível e provendo o máximo de informações relativas ao pagamento, sempre de forma descomplicada. O serviço de cobrança também deve considerar o vendedor como um parceiro e, em um primeiro momento, estar sempre do seu lado. Oferecer serviços como cobrança recorrente e checkout de pagamentos através de formulários HTML e API também é muito importante.

Junto ao comprador, oferecendo uma interface realmente simples de usar, que funcione em diversos navegadores e dispositivos diferentes com mobiles e tablets.

Em todas as frentes uma coisa extremamente importante é ter um excelente serviço de atendimento ao cliente. Fóruns, chats, suporte através de helpdesk e blog posts. São inúmeras as possibilidades mas, independente dos canais escolhidos, o atendimento deve ser rápido. Muito rápido.

As alternativas disponíveis no Brasil

O Brasil possui inúmeros serviços de pagamento como PagSeguro, MoIP e PayPal. Nesta comparação, você poderá ler as minhas experiências (não muito boas) com estes serviços. Existem outros meios de pagamento como MercadoPago e Pagamento Digital, mas nunca usei nenhum deles e, por este motivo, ficaram de fora desta comparação.

PagSeguro

PagSeguro

Em 2007 o UOL comprou a BRPay, que veio a se tornar o PagSeguro que conhecemos. Um dos principais meios de pagamentos da categoria, foi por muito tempo um dos serviços que mais deixou a desejar. Isso está mudando agora que foi lançada a nova versão da API, embora ainda não possua uma série de funcionalidades disponíveis em outros serviços como MoIP e PayPal.

Características:

Vantagens:

Desvantagens:

MoIP

MoIP

O iG também decidiu pegar uma fatia do mercado que movimentou quase R$20 bilhões em 2011. Para isso comprou o MoIP, investida pela Ideiasnet. O serviço possui muitas funcionalidades como cobrança através da API e cobrança recorrente. Apontado por muitos com a melhor alternativa, só tive experiências negativas no pouco tempo que usei. Possui uma documentação espalhada e difícil de encontrar, uma API confusa e um suporte lento.

Além disso, o site de desenvolvedores estava infectado com um malware e aparentemente eles não estavam sabendo de nada.

Características:

Vantagens:

Desvantagens:

PayPal

PayPal

Com a entrada do PayPal no mercado brasileiro, as nossas esperanças de um serviço melhor foram renovadas. Ledo engano. O PayPal é tão ruim quanto os outros serviços, com um agravante: é conhecido por cancelar e bloquear contas, mesmo quando estas estão de acordo com os termos de uso.

Características:

Vantagens:

Desvantagens:

Finalizando

Atualmente, não existe nenhum meio de pagamento realmente bom. PayPal consegue ser o menos pior, embora você tenha que conviver com o risco do congelamento de sua conta, sem maiores explicações. Mas mesmo com todos esses poréns, o PayPal ainda é a melhor solução se você precisa fazer cobranças nacionais e internacionais, principalmente para serviços digitais.

Minha escolha para cobrança apenas de brasileiros é o PagSeguro. Mesmo sendo mais incompleto que o MoIP, a nova versão é mais simples e fácil de implementar.